A influência do álcool sobre a potência - a degradação da função sexual

Cria uma sensação de festa e diversão. Apesar do fato de que todos sabem sobre os perigos do álcool no corpo humano, apenas alguns se recusam a usá-lo. Por que isso acontece?

o álcool e a potência

Bebidas alcoólicas causam uma sensação de euforia, levantam o astral, permitem relaxar, levar uma conversa informal, marginalizar problemas e preocupações. Mas vale a pena por causa de algumas horas de diversão estragar a sua saúde?

A relação álcool e o desejo sexual

O corpo de um jovem é formada por até 25 anos, portanto, antes dessa idade, os médicos proíbem categoricamente que a recepção de bebidas alcoólicas. Infelizmente, muitos de consumir álcool começam ainda na adolescência. Existe um mito, como se um copo de vinho ou um copo de vodka têm um efeito positivo no desejo sexual, contribuem para prolongar a relação sexual. De fato, saudável homens, inicialmente, de uma pequena dose de álcool aumenta o libido do sexo oposto e retarda a ejaculação, por causa do que ele realmente aumenta o tempo sexuais.

Em um nível subconsciente humano é produzido positiva a relação entre relações sexuais com mulheres e bebidas. O álcool aumenta o tempo de relações, só se usá-lo ocasionalmente e em pequenas quantidades. Caso contrário, ele provoca o enfraquecimento de ereção. Primeiro homem antes do contato sexual com uma mulher que bebe um copo de vinho, depois passa para o conhaque, afinal, se trata de uma vodka. O homem certo é que o álcool tem um efeito positivo sobre a sua função sexual. Quando, na verdade, o contrário.

Durante o ato sexual possível para o enfraquecimento de ereção por causa da irritação de zonas erógenas. O processo de relações sexuais é perturbado, por isso, posteriormente, os parceiros sentem insatisfação como um e o outro. Após o contato sexual embriagado homem e a mulher têm uma aversão uns aos outros, porque cometemos coisas que em estado normal nunca teríamos cometido. Um homem embriagado pode ir em íntima relação, mesmo com a estranha parceira, portanto, tão comum em alcoólatras diagnosticam as doenças sexualmente transmissíveis e distúrbios sexuais.

Em estágios de degradação da função sexual

O desaparecimento da função sexual ocorre gradualmente. Inicialmente, o álcool melhora a ereção, aumenta o número de atrito. Mas, então, de manhã espontânea ereção aparecem cada vez menos e menos. Mesmo com a ausência prolongada a vida íntima de um homem não ter sonhos eróticos, desaparecem polução. Durante a relação sexual pode um longo tempo para não pisar prematura. Termina com ele normalmente, não do orgasmo.

Relações sexuais sugerem uma estreita colaboração, a confiança e o respeito entre os parceiros. Tudo isso está em falta no glossário, em que o marido constantemente bebe. Você alcoólica diminui a inteligência, a manifesta falta de vergonha na esfera sexual. Os bebedores de homens de longos períodos de abstinência são substituídos raras as tentativas de estabelecer intimidade com a esposa. Então, como manter a potência até a velhice, são necessárias relações sexuais regulares.

Em função sexual de homens têm o impacto de diferentes partes do sistema nervoso. Se pelo menos uma delas é golpeada, interrompeu o trabalho e a todos os outros. Mas não é só a derrota do sistema nervoso se torna a causa de transtornos sexuais. Um grande papel desempenha a saúde do homem, de suas características físico e a natureza, e as relações na família.

O mais rápido a neurose se desenvolve na melancólico pessoas com um fraco sistema nervoso e sexual constituição. Mas não se deve pensar que todos os outros podem evitar o doloroso destino. Os homens, mesmo com a forte sexual, a constituição e o sistema nervoso, mais cedo ou mais tarde a sofrer da sua insolvência de relações sexuais. Bêbados, geralmente, se queixam da falta de ereção, o enfraquecimento do desejo sexual no sexo oposto, ejaculação rápida, triste orgasmo. A libido pode ser mantida mesmo em alcoólatras com a experiência, mas aqui está a ereção piora a tal ponto que, de a íntima, e não pode haver.

Como se parece com a vida sexual do bebedor de uma pessoa?

Porque, inicialmente, o álcool tem um efeito positivo sobre a libido e a ereção, a degradação do trabalho de mutilação genital masculino não associam com a farra. Problemas na vida íntima eles explicam o excesso de trabalho, má para o bem-estar. Sendo de mau humor, eles não podem cometer um ato sexual, mas é o estado diário de abuso de álcool se torna a norma. Posteriormente, desenvolve-se resistente à impotência. O homem já não pensa sobre as mulheres e sobre o pôr-do-sol.

Além disso, que a intimidade com um alcoólatra pouco de quem gosta, e o próprio homem em todos os sentidos evita ter relações sexuais com a mulher. A razão é simples – ele tem medo de vergonha, porque mesmo sob forte excitação não há nenhuma garantia de que ocorre a ereção no momento certo. Mesmo se conseguir a cometer um ato sexual, divirta-se e ciclos de descanso não será possível. O homem sente fraqueza, fraqueza e até mesmo aversão ao parceiro.

Imediatamente após a farra possíveis espontânea de ereção, mas depois de alguns dias, como a ereção e libido desaparecer completamente. Essa condição é mantida até a completa excreção de álcool a partir do sangue. Curiosamente, é de bêbados muitas vezes você pode ouvir as histórias sobre sexuais vitórias sobre as mulheres. Conversas sobre temas como elas compensam a sua inépcia em relacionamentos íntimos.

Bebidas alcoólicas diferentes afetam a saúde sexual dos homens. Vinho barato são de alto teor de fusel óleos. Suas propriedades tóxicas adversamente afetar a função sexual. Portanto, recomendamos que você dê preferência para os vinhos vintage vinhos e barato análogos desistir. Se comparar brancas e vermelhas as bebidas, o seguro para os homens é considerado a primeira opção. A maioria dos mais fortes na terra gostam de cerveja, mas, infelizmente, ele também reduz a ereção.

Não se pode excluir a individualidade de cada organismo. Mas a ação de álcool em homens diferentes podem diferir apenas no caso de usá-lo ocasionalmente e em pequenas quantidades. Mas aqui está o diário de beber de bebidas do desempenho sexual são praticamente iguais em todos os outros representantes forte na terra. Às vezes, alcoólicos como proteção citam o exemplo de seu amigo, que ao longo de muitos anos de bebe, mas não sofre de impotência. É claro, que existem exceções, mas homens com altas capacidades sexuais muito pouco. Na maioria dos casos, a ingestão regular de álcool leva à impotência.

potência

Os homens não-potável a função de persistir até a idade avançada, o que não é dito sobre os alcoólicos. Eles então e até os 60 anos, raramente sobrevivem. Com o passar dos anos as pessoas são determinados estereótipos, de reabilitar-los é muito difícil, e em alguns casos impossível. Se a maior parte de sua vida, o homem realizou relações sexuais em estado de embriaguez, ele não será capaz de sintonizar a intimidade sóbria. Neste, ele não impede a saúde física e psicológica de barreira. É por isso que após o tratamento da dependência de álcool em pacientes aparecem problemas com a vida sexual. Muitos neste culpam os medicamentos, mas, na verdade, o problema reside na estereótipos. Depois de algum tempo após o tratamento de homens que recupera a potência, porque, como eles se acostumam a uma relação íntima com as mulheres sóbrio estado.

A influência de álcool em uma espécie de continuação

Bebidas alcoólicas provocam alterações nas glândulas sexuais, e isso não pode afetar a posteridade. Se um casal tem a intenção de reproduzir a luz fisicamente saudável e mentalmente completo da criança, do álcool devem renunciar não só a mulher, mas o homem. Em alcoólatras pode ocorrer cicatrizes seminal dos túbulos, o declínio da função hormonal glândulas sexuais.

Na idade de 25 a 30 anos, os hormônios sexuais são produzidos em maior número, seguida de seu número, gradualmente, está em declínio. Mas se o homem começou a ingerir bebidas alcoólicas na adolescência, em seguida, muda para pior ocorrem mais cedo. Causa comum de problemas de alcoolismo, os mais jovens têm músculos fracos e imperceptível cabelo um manto sobre o corpo (como as mulheres).

Os cientistas realizaram uma série de estudos, através dos quais tem sido provado que a maior porcentagem de defeituosos crianças nasce o de casais que sofrem de dependência de álcool.

DNA - o principal suporte da informação genética, contém vários nucleotídeos. É a sua combinação programa o código genético. A violação de uma seqüência, invariavelmente, leva a mutações. Estudos confirmaram que o maior número de crianças com mutações genéticas nasce os bebedores de seus pais. Além disso, a herança é transmitida tração ao álcool.

O alcoolismo e feliz, uma família é de dois conceitos incompatíveis. Isenção de bebidas alcoólicas não só irá proteger o casamento de decadência, mas, e ajudar a restaurar a função sexual, impedir o envelhecimento precoce. Durante o tratamento da dependência de álcool médico prescreve medicamentos não só para limpar o organismo de toxinas e a produção de aversão ao álcool, mas também para recuperar a saúde sexual.

Viciante a álcool é muito rápido, mas livrar-se da dependência incrivelmente difícil. A medicina moderna está sob o poder de recuperar a saúde, mas todo o resto para o outro, e o desejo de conduzir os homens a maneira correta de viver, parar de beber e de fumar. Só o abandono de maus hábitos permitirá produzir uma prole saudável e manter a potência até uma idade avançada.

21.09.2018